uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



Taça UEFA - Bayer Leverkusen 3 : 1 UNIÃO DE LEIRIA



Esta tarde no BayArena de Leverkusen ficou a sensação que a União de Leiria podia ter conseguido um resultado melhor, que desse boas perspectivas para a 2ª mão, não que seja impossivel vencer a eliminatória em Leiria, mas que será tarefa hérculea isso é inegável, quanto mais sabendo que a União não tem por hábito marcar muitos golos em casa.
Mas vamos aos factos e ao jogo propriamente dito. Como é natural o Leverkusen entrou na partida a mandar no jogo, causando, desde inicio, calafrios é defensiva leiriense que se mostrava bem organizada. Aos 9 minutos o Leverkusen esteve perto de marcar por duas ocasiões: primeiro foi Rolfes a obrigar Fernando a defesa apertada; Na ressaca, Kiessling rematou para nova defesa do guardião leiriense. Com a crescente toada ofensiva do Leverkusen não tardou que chegasse o primeiro golo: foi ao minuto 19, depois de um desvio de cabeça, Kiessling surge isolado pelo lado direito e não teve dificuldades em bater Fernando. O Leverkusen continuou a atacar mas aos 29 minutos de jogo João Paulo fez gelar o estádio com um grande remate cruzado no lado esquerdo da área e o esférico a bater no poste direito da baliza de Adler e a anichar-se no fundo das malhas germânicas. Estava feito o empate e a alegria era evidente nos adeptos leirienses que festejaram efusivamente nas bancadas do BayArena, conforme foi possivel ver pelas imagens captadas pelas câmaras da estação televisiva alemã DSF!!
Entusiasmados pelo golo (e um pouco á semelhança da nossa selecção de rugby que quando marca um ensaio fica nas nuvens e sofre outro logo a seguir) a nossa equipa viveu em estado de graça apenas por 3 minutos. Aos 32 minutos Vratislav Gresko marcou um livre do lado esquerdo e Rolfes surgiu na área a desviar para o fundo da baliza. Estava feito o 2-1 e até ao intervalo não houve mais jogadas que mereçam especial destaque.
Logo no inicio da 2ª parte um desentendimento entre Lukasiewicz e Gresko (entrada rispida sobre Tiago) valeu um cartão amarelo a ambos. Aos 50 minutos Lukasiewicz foi substituido por Faria que viu um cartão amarelo passado um minuto de estar em campo. Aos 58 minutos Cadu (quem mais haveria de ser!) quando tinha tudo para fazer o golo, ao correr isolado para a baliza podia ter sprintado e rematado, mas em vez disso abrandou o ritmo e apesar de ter sofrido um encosto de Gresko, Cadu deixou-se cair ficando a olhar para o árbitro à espera de uma grande penalidade! O técnico Paulo Duarte ficou agastado com a situação, e a minha duvida é de que será que Paulo duarte estava enervado com o árbitro ou com o próprio jogador, acabando por ser expulso do banco, algo que se vai tornando hábito!!
Aos 61 minutos Sougou entrou para o lugar de Alhandra e aos 65 minutos Cadu, por lesão, deu lugar a Tonito. Sougou veio dar maior dinâmica ao ataque leiriense mas aos 78 minuto foi o Leverkusen a marcar o 3ª golo da partida. Novamente num lance de bola parada, Kiessling surgiu na área, sem nenhuma marcação (os jogadores da União ficaram mais uma vez a marcar-se uns aos outros) a cabecear para o golo!!! Estava feito o resultado final da partida, tendo ainda os jogadores da União reclamado um penalty de Gresko, que agarrou Sougou no limite da grande área alemã e que foi expulso. O árbitro assim não entendeu e do livre marcado por Laranjeiro não resultou especial perigo. Aos 87 min. Faria viu o 2ª amarelo e foi expulso.
A destacar pela positiva o inevitável Fernando, que mais uma vez fez defesas incriveis e o avançado João Paulo, que para além do golo se mostrou bastante combativo no meio da defesa germânica. Pela negativa os "clássicos" Éder Bonfim e Cadu, que mais uma vez mostraram que são capazes de levar os adeptos da União a um ataque de nervos tal é a inépcia destes dois jogadores em campo.
Vamos acreditar que podemos virar a eliminatória a nosso favor em Leiria!! FORÇA LEIRIAAA!!!!

Etiquetas:

posted by Lima @ 1:55 da manhã,

12 Comments:

At 9:18 da manhã, Anonymous PETZL said...

Como já referi em post anterior, não pude acompanhar o jogo e as unicas imagens que vi são as deste video.

Deu para perceber que o Cadu e o Éder continuam a enterrar a equipa e já era altura do Paulo Duarte os encostar.

É certo que o 2-1 daria outro alento para a segunda mão, mas ainda assim não podemos baixar os braços e temos de fazer a nossa parte no apoio à equipa no jogo de dia 4.

Vamos lá União!
VAMOS ACREDITAR!!!

 
At 9:32 da manhã, Anonymous PETZL said...

B. Leverkusen 3
René Adler; Castro, Haggui, Friedrich e Gresko; Vidal; Rolfes, Shneider (Cap., depois Barbarez, aos 56 minutos) e Barneta; Kiessling e Gekas (Sarpei, aos 81 minutos).
Suplentes não utilizados: Domaschke, Sinkie, Bulykin e Padadopulos.
Treinador: Michael Skibbe
União de Leiria 1
Fernando; Éder Bonfim, Bruno MIguel, Éder Gaúcho e Laranjeiro (Cap.); Lukasiewicz (Faria, aos 49 minutos) e Tiago; Cadu da Silva (Toñito, aos 64 minutos), Paulo César e Alhandra (Sougou, aos 60 minutos); João Paulo.
Suplentes não utilizados: Rafael Fava, Hugo Costa, Marco Soares e Maciel.
Treinador: Paulo Duarte

Estádio Bay Arena, em Leverkusen
Árbitro: Vladimir Hrinak (Eslováquia)
Assistentes: Radomir Sluk e Milan Palusak
4.º árbitro: Vladimir Smolak
Ao intervalo: 2-1
Golos: 1-0, Kiessling, aos 18 minutos; 1-1, João Paulo, aos 28 minutos; 2-1, Rolfes, aos 31 minutos; 3-1, Kiessling, aos 78 minutos
Acção disciplinar: cartões amarelos para Gresko e Lukasiewicz (48 m), Faria (51 m), Éder Gaúcho (77 m) e Gresko (79 m).
Cartões vermelhos (segundos amarelos) para Gresko e Faria, aos 79 e 86 minutos, respectivamente. Aos 59 minutos Paulo Duarte foi expulso do banco.

 
At 9:58 da manhã, Anonymous Anónimo said...

A União de Leiria é uma equipa sem rumo. Vamos direitinhos a Vitalis a jogar assim. Temos que dar um abanão nisto, doa a quem doer.

 
At 5:16 da tarde, Anonymous riba said...

espero que a equipa recupere certos niveis de confiança para o jogo com o estrela mas principalmente com o leixões, pois não queria que ficassemos arredados já da taça da liga.
os jogadores do banco estão cheios de vontade de mostrar serviço, deixem-nos jogar.
Força Leiria!!

 
At 6:15 da tarde, Blogger mozdn said...

A viagem a Leverkusen, pese embora o resultado não muito famoso, foi sem duvida memorável, fica a esperança que outras se possam repetir no corrente ano..
Quanto ao encontro, o Eder Bonfim, teve (na senda do que vem sendo habitual) uma prestação desastrosa, a roçar mesmo o mediocre...a defensiva meteu ága nos lançes de bola parada.. o Sr. do apito eslovaco foi bastante caseiro, o tal lançe do Cadu (no estádio) pareceu-me penalti e foi esse o motivo dos protestos do nosso mister).
Gostei muito das exibições d Fernando, João Paulo,alhandra e Tiago..
Eu acredito !!
Excelente crónica Lima :)

 
At 7:43 da tarde, Anonymous pitch a recuperar do jet lag said...

Aproveitando o comment do mozdn, resta reafirmar que a viagem foi simplesmente genial, e espero que se possam repetir muitas iguais a esta. A companhia foi simplesmente espectacular, e em Leverkusen fomos tratados com todos os luxos e privilégios.
Quanto ao jogo em si, o resultado felizmente nao espelha o que se passou no relvado, e só termos sofrido 3 golos já é um alento especial. Nao gostei da equipa, tendo por vezes demonstrado muita imaturidade e falta de jeito a tratar a bola. Obviamente que o golo marcado por nós pode valer ouro, e esperemos que o nosso Leiria consiga os preciosos 2 golos em casa. Uma breve nota adicional para o "excesso" de confiança da equipa alemã no jogo da 2ª mão, e que pode ser mais um aliado para a nossa equipa caso consiga marcar um golo no início da partida. Esperemos que assim seja, e esperemos que o Leiria faça história na UEFA! Nada é impossível , e estamos cá para acreditar!

Um forte abraço para os resistentes da viagem, e para o pessoal que nao pode ir à Alemanha.

P.S - Eu quero ir a Inglaterra, ou à Itália, ok? Quem alinha? :P

 
At 10:22 da tarde, Anonymous encaf said...

E a agenda do fim de semana?

 
At 10:58 da tarde, Blogger PETZL said...

encaf: a agenda tá quase a sair, mas ainda não tive tempo! :P

 
At 1:38 da tarde, Anonymous Johnny said...

O Bayer não é um gigante mas é uma grande equipa. O resultado podia ter sido mais pesado, mas também podia ter sido bem mais favoráve à nossa UDL se não se tem facilitado tanto na defesa. Os golos de bola parada são inadmissiveis.

Vamos esperar pela segunda mão , necessitando a UDL de 2 golos sem resposta para seguir em frente.
Obviamente que marcando um golo cedo, a equipa transfigura-se e poderá surpreender. Temos de lá estar e igualmente acreditar!

 
At 3:46 da tarde, Anonymous s-type said...

que grande viagem, é claramente para repetir, esperemos que ainda esta época!

de registar que fomos tratados como autenticos lords!

quanto ao jogo, não se pode sofrer tanto calafrio em lances de bola parada, é que foi em todos.....mas uma coisa é certa, o bayer sem o schneider nao é a mm coisa, quando ele saiu lesionado (esperemos que por 2 semanas) a equipa foi completamente a baixo, e mesmo quando o leiria marcou o golo apesar de termos sofrido o 2º pouco depois notou-se que a equipa abanou, tal e qual como nos ultimos 10, 15m!

fica a esperança.....com a ajuda do excesso de confiança que os alemães parecem demonstrar, apesar de perderem um dos melhores centrais por expulsão...

o éder, axam que vale a pena falar dele? FDX!!!!!!!!

 
At 8:15 da tarde, Anonymous riba said...

temos de melhorar na concentração defensiva, estavam a pensar no ontem...
mas eu acredito, têm é de entrar com força e ter aquela pontinha de sorte que é marcar logo no inicio.
se querem fazer historia e terem mais visibilidade (o que tb lhes ajuda na carreira) têm de fazer mais do que na alemanha.

 
At 6:05 da tarde, Blogger Riba said...

TAÇA UEFA - 1.ª ELIMINATÓRIA

B. LEVERKUSEN-U. LEIRIA

BayArena, em Leverkusen
Hora: 16:15
Árbitro: Vladimir Hrinak (Eslováquia)

B. LEVERKUSEN
Adler, Castro, Friedrich, Hagui e Gresko; Vidal, Rolfes, Schneider, Kiessling e Barnetta; Gekas

Suplentes: Fernandez, Faty, Sinkiewicz, Serpei, Barbarez, Bulykin e Papadopoulos

Treinador: Michael Skibbe

U. LEIRIA
Fernando, Éder, Bruno Miguel, Éder Gaúcho e Laranjeiro; Faria, Tiago, Cadú e Paulo César; João Paulo e Lukasiewicz

Suplentes: Rafael Fava, Hugo Costa, Toñito, Marco Soares, Alhandra, Sougou e Maciel

Treinador: Paulo Duarte


Golos:
1-0 Stefan Kießling, 19'
1-1 João Paulo, 29'
2-1 Simon Rolfes, 32'
3-1 Stefan Kießling, 78'

Substituições:
61' -> Sai Alhandra entra Sougou;
65' -> Sai Cadú entra Toñito;
82' -> Sai Gekas entra Sarpei;

Disciplina:
-Cartão Amarelo
Gresko, 47' e 79'
Lukasiewicz, 47'
Faria, 51' e 87'
Vidal, 55'
Sougou, 79'

-Cartão Vermelho
Gresko, 79'
Faria, 87'

 

Enviar um comentário

<< Home