uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



Miguel Sousa Tavares - "Mais do mesmo..."


Num artigo de opinião, pede-se ao "opinador" que teça as suas considerações sobre determinado assunto. A um "opinador" que tem formação jornalística (bem diferente de ser jornalista!), exige-se, no mínimo, que procure factos para sustentar as suas "opiniões".
Miguel Sousa Tavares, no seu artigo de opinião, publicado no jornal "A BOLA" da passada terça-feira (26 de Maio), obrigado que estava a comentar a actualidade desportiva, no capítulo das promoções e despromoções, bem ao seu estilo, procura descredibilizar e desprestigiar a subida à Liga Sagres daquela que foi considerada por muitos (gente que percebe de "bola") a melhor equipa da Liga Vitalis.
Começando por apelidar a U. Leiria de "campeão crónico do menor número de espectadores no estádio", ignorou, propositadamente ou não, os casos do Estrela da Amadora, da Naval, do Rio Ave, do Paços de Ferreira, todos eles com médias de assistência inferiores à U. Leiria. Refira-se que a última partida do Estrela da Amadora na condição de visitado foi presenciada, "a olho", por 592 espectadores. A U. Leiria detém o recorde de assistências na Liga Vitalis, com 8920 espectadores no U. Leiria X Feirense.
Continuando o chorrilho de disparates, aponta à U. Leiria falta de sustentabilidade económica e incapacidade de sobrevivência financeira sem o apoio crónico da autarquia. Mais uma vez opta pelo ataque fortuito e em pleno desconhecimento de causa. Pois fique sabendo, e é público pela lista recentemente divulgada pelos órgãos de comunicação social, que a U. Leiria tem um passivo de "apenas" 2 milhões de euros, mais baixo que qualquer clube da Liga Sagres e o 7º mais alto da Liga Vitalis, atrás de clubes como o Beira-Mar, o Gil Vicente e o própio Santa Clara. Ao contrário de grande parte dos clubes, aqui os salários são pagos a tempo e horas. Inexiste também o tal apoio crónico da autarquia, a não ser que se refira ao "favor" que nos fizeram de construir um estádio completamente desproporcionado à realidade local e às necessidades dos clubes da região, entre os quais a U. Leiria, e no qual a SAD da U. Leiria paga para jogar e para treinar. Preferia eventualmente a promoção da equipa Açoreana, com uma média de espectadores inferior à U. Leiria, com um passivo 5x superior e com uma simbólica contribuição do Governo Regional dos Açores de 2.308.000€, sim DOIS MILHÕES TREZENTOS E OITO MIL EUROS!!
Não satisfeito, refere-se aos adeptos que se deslocaram a Aveiro como "duzentos ou trezentos corajosos". Eram certamente mais de um milhar de adeptos, que se juntaram mais tarde aos muitos milhares que em Leiria celebravam efusivamente desde o apito final do Beira-mar X União de Leiria.
O tom jocoso e indecoroso com que se refere ao grande obreiro da subida - o técnico Manuel Fernandes, nem merece qualquer comentário, pois retrata bem a sua forma de escrever: apalhaçada e sem qualquer interesse.
Resta pedir-lhe encarecidamente que se dedique apenas aos seus romances e a livrar-se das frequentes acusações de plágio de que tem sido alvo...
SOMOS POUCOS, MAS MELHORES QUE MUITOS!!!
FORÇA LEIRIA

posted by PETZL @ 2:57 da tarde,

27 Comments:

At 4:36 da tarde, Blogger O Jornalista said...

A esse tripeiro de "m...a", só há uma resposta: p'ro c.....o!

CONTRA TUDO E CONTRA TODOS, SEMPRE UNIÃO!!!!!!!!

 
At 4:45 da tarde, Blogger mozdn said...

Muito boa resposta Petzl

Realmente quem não tem mais nada sobre o que opinar..

Fácil é ser apoiante de um clube grande, cm vários adeptos...

Poucos mas bons sem dúvida...

Força Leiria!!!

 
At 4:55 da tarde, Blogger jb said...

Não lhe podem enviar a resposta? Ou publicar este texto na bola? O homem até é esperto, tem razão em quase todos os argumentos, a excepção é que escolheu o clube errado...

Se tivessemos um estadio com as dimensões apropriadas à cidade (não é culpa do clube é da CML) esta fama não existiria.

Por exemplo

Porto 50 000 - Grande porto 1000 000
Sporting e benfica 130 000 - Grande Lisboa 2000 000
Barcelona e espanhol 130 000 - Barcelona 200 0000

Valencia 70000 - Valencia 1000 000

PSG - 45000 - Paris 5000 000
Naval 5000 - Figueira 30 000
Leira 25000 - Leira 50 000...
Aveiro 30000 - Aveiro 50 000...

É só fazer as proporções...

 
At 4:59 da tarde, Blogger Riba said...

Mas ainda dão paleio a este asno? O homem vive de favores da TVI que lhe deu o tacho de "comentador" e ainda lhe pagou bem para realizar aquela novela. Depois caga mais larachas nos jornais porque é conhecido e tal e filho de quem era.
Enfim, este cancro das cronicas futebolisticas (será o unico cancro com aquela voz??) é tão ignorante que não acertou numa única coisa que disse.
Esqueceu-se que o Frutas e Cafés já cá veio comprar muito jogador e treinador que lhes deu muito dinheiro e prestigio.
Esqueceu-se das classificações honrosas no campeonato e da presença no Jamor, feito este ao alcance de um grupo restrito de equipas.
Esqueceu-se de fazer contas às assistências dos outros e às nossas.
Esqueceu-se que não se deve falar sem conhecimento de causa.
Já que ele fala no arquitecto peço ao infeliz cronista que vá satisfazer o sr. assim como fez a menina da Kookai.

 
At 5:29 da tarde, Blogger Luis said...

Desculpem la mas esse Filho duma grande pu** devia de estar maze caladinho,como mozdn diz ser adepto de clube grande é facil, nao falta dinheiro ... nem apoios.

Em vez de criticar ele devia era elogiar o grande M.Fernandes pelo seu trabalho, duvido que mais alguma vez algum treinador consiga fazer o que ele fez !!! Se mais algum conseguir parabens mas duvido muito

 
At 5:31 da tarde, Blogger s-type said...

a resposta necessária a mais um "opinador", que faz o que muitos fazem na imprensa nacional, falar sem sequer se fundamentar, conseguem artistas destes ser pagos para escrever bararidades destas quando muitos há que andam no desemprego e, a precisar mais de dinheiro que estes senhores, sendo esses capazes de fazer certamente melhor serviço público...

Este sr. consegue ser um comentador ainda mais completo que o Professor Marcelo Rebelo de Sousa, conseguindo comentar ainda mais áreas....daí advém o ditado: "não se pode ser bom em tudo", mas será que ele consegue ser em alguma coisa?

 
At 5:45 da tarde, Blogger Riba said...

Não é a 1ª vez que temos a oportunidade de ler ou ouvir tamanhas diarreias mentais. Mas para tudo há uma resposta.
Quem não se lembra da resposta da professora Ana Maria quando este deficiente insultou os professores?

 
At 5:46 da tarde, Blogger Riba said...

Para o inútil MST

É do conhecimento público que o senhor Miguel de Sousa Tavares considerou 'os professores os inúteis mais bem pagos deste país.' Espantar-me-ia uma afirmação tão generalista e imoral, não conhecesse já outras afirmações que não diferem muito desta, quer na forma, quer na índole. Não lhe parece que há inúteis, que fazem coisas inúteis e escrevem coisas inúteis, que são
pagos a peso de ouro? Não lhe parece que deveria ter dirigido as suas aberrações a gente que, neste deprimente país, tem mais do que uma sinecura e assim enche os bolsos? Não será esse o seu caso? O que escreveu é um atentado à cultura portuguesa, à educação e aos seus intervenientes, alunos
e professores. Alunos e professores de ontem e de hoje, porque eu já fui aluna, logo de 'inúteis', como o senhor também terá sido. Ou pensa hoje de forma diferente para estar de acordo com o sistema?

O senhor tem filhos? – a minha ignorância a este respeito deve-se ao facto de não ser muito dada a ler revistas cor-de-rosa. Se os tem, e se estudam, teve, por acaso, a frontalidade de encarar os seus professores e dizer-lhes
que 'são os inúteis mais bem pagos do país.'? Não me parece… Estudam os seus filhos em escolas públicas ou privadas? É que a coisa muda de figura!
Há escolas privadas onde se pagam substancialmente as notas dos alunos, que os professores 'inúteis' são obrigados a atribuir. A alarvidade que escreveu, além de ser insultuosa, revela muita ignorância em relação à educação e ao ensino. E, quem é ignorante, não deve julgar sem conhecimento
de causa. Sei que é escritor, porém nunca li qualquer livro seu, por isso não emito julgamentos sobre aquilo que desconheço. Entende ou quer que a professora explique de novo?

Sou professora de Português com imenso prazer. Oxalá nunca nenhuma das suas obras venha a integrar os programas da disciplina, pois acredito que nenhum dos 'inúteis' a que se referiu a leccionasse com prazer. Com prazer e paixão tenho leccionado, ao longo dos meus vinte e sete anos de serviço, a obra de sua mãe, Sophia de Mello Breyner Andersen, que reverencio. O senhor é a prova inequívoca que nem sempre uma sã e bela árvore dá são e belo fruto.
Tenho dificuldade em interiorizar que tenha sido ela quem o ensinou a
escrever. A sua ilustre mãe era uma humanista convicta. Que pena não ter interiorizado essa lição! A lição do humanismo que não julga sem provas! Já visitou, por acaso, alguma escola pública? Já se deu ao trabalho de ler, com atenção, o documento sobre a avaliação dos professores? Não, claro que não.
É mais cómodo fazer afirmações bombásticas, que agitem, no mau sentido, a opinião pública, para assim se auto-publicitar.

(continua...)

 
At 5:47 da tarde, Blogger Riba said...

(...)

Sei que, num jornal desportivo, escreve, de vez em quando, umas crónicas e que defende muito bem o seu clube. Alguma vez lhe ocorreu, quando o seu clube perde, com clubes da terceira divisão, escrever que 'os jogadores de
futebol são os inúteis mais bem pagos do país.'? Alguma vez lhe ocorreu escrever que há dirigentes desportivos que 'são os inúteis' mais protegidos do país? Presumo que não, e não tenho qualquer dúvida de que deve entender
mais de futebol do que de Educação. Alguma vez lhe ocorreu escrever que os advogados 'são os inúteis mais bem pagos do país'? Ou os políticos? Não, acredito que não, embora também não tenha dúvidas de que deve estar mais
familiarizado com essas áreas. Não tenho nada contra os jogadores de
futebol, nada contra os dirigentes desportivos, nada contra os advogados.
Porque não são eles que me impedem de exercer, com dignidade, a minha
profissão. Tenho sim contra os políticos arrogantes, prepotentes, desumanos e inúteis, que querem fazer da educação o caixote do( falso) sucesso para posterior envio para a Europa e para o mundo. Tenho contra pseudo-jornalistas, como o senhor, que são, juntamente com os políticos, 'os inúteis mais bem pagos do país', que se arvoram em salvadores da pátria, quando o que lhes interessa é o seu próprio umbigo.

Assim sendo, sr. Miguel de Sousa Tavares, informe-se, que a informaçãozinha é bem necessária antes de 'escrevinhar' alarvices sobre quem dá a este país, além de grandes lições nas aulas, a alunos que são a razão de ser do professor, lições de democracia ao país. Mas o senhor não entende! Para si, democracia deve ser estar do lado de quem convém.

Por isso, não posso deixar de lhe transmitir uma mensagem com que termina um texto da sua sábia mãe:'Perdoai-lhes, Senhor
Porque eles sabem o que fazem.'


Ana Maria Gomes
Escola Secundária de Barcelos

 
At 9:15 da tarde, Blogger Mário said...

Este "senhor" depois da "sopa" que levou na questão dos contentores de Alcântara decidiu virar-se para a província...Tiveste azar ó caramelo, não acertaste em nada do que escreveste...à semelhança, aliás, de tudo o que escreves e dizes!

Só me espanta que haja quem te continue a pagar para dizeres e escreveres disparates...a TVI ainda se compreende que o faça, mas e A Bola?! Jornal de referência deveria ter mais cuidado nas pessoas que escolhe para colaborar...já agora porque não contratam também o emplastro?...seria bem mais interessante do que ouvir este "crítico de tudo e de todos mas que nada constrói ou produz"!

Independentemente da reação que a SAD e o clube venham a ter aos disparates deste senhor, penso que a comunidade leiriense deveria dar uma resposta à altura. Sugiro que os administradores deste blog preparem uma resposta, em jeito de "direito de resposta", cujo teor poderia andar muito perto daquele que constitui o post.

Eu, por mim, assino por baixo!

Viva Leiria, força UDL!!!

 
At 9:32 da tarde, Blogger Mário said...

Lembro-me de o "senhor" Miguel Sousa Tavares comentar na TVI a nova Lei do Tabaco. A certa altura, sai da sua boca esta pérola: "o fumo nos restaurantes, que o Governo quer limitar, incomoda muitíssimo menos do que o barulho das crianças - e a estas não há quem lhes corte o pio".

Que bela comparação! Afinal, o que é uma nuvenzinha de nicotina ao pé de um miúdo de goela aberta? Vai daí, para justificar a fineza do seu raciocínio, Sousa Tavares avançou para uma confissão pessoal: "Tive a sorte de os meus pais só me levarem a um restaurante quando tinha 13 anos".

O Miguel teve uma educação moderna - aos 13 anos, levaram-no pela primeira vez a comer fora.

Senti-me tocado e fiz uma revisão de vida. É que eu sou daqueles que levam os filhos aos restaurantes. Mais do que isso. Sou daquela classe que Miguel Sousa Tavares considerou a mais ameaçadora e aberrante: os que levam "até bebés de carrinho"!. O meu filho de quase três anos já infectou estabelecimentos um pouco por todo o país. É certo que ele não pertence à categoria CSI (Criancinhas Simplesmente Insuportáveis), já que assim de repente não me parece que tenha por hábito exibir a glote cada vez que come fora - mas, também, quem é que acredita nas palavras de um pai?

E depois, há todo aquele vasto campo de imponderáveis: antes de os termos, estamos certos de que vão ser CEE (Crianças Exemplarmente Educadas), mas depois saltam cá para fora, começam a crescer e percebemos com tristeza que vêm munidos de vontade própria, que nem sempre somos capazes de controlar.

O que fazer, então? Mantê-los fechados em casa? Acorrentá-los a uma perna do sofá? É uma hipótese, mas mesmo essa é só para quem pode. Na verdade, do alto da sua burguesia endinheirada, e sem certamente se aperceber disso, Miguel Sousa Tavares produziu o comentário mais snobe do ano. Porque, das duas uma, ou os seus pais estiveram 13 anos sem comer fora, num admirável sacrifício pelo bem-estar do próximo, ou então tinham alguém em casa ou na família para lhes tomar conta dos filhinhos quando saíam para a patuscada. E isso, caro Miguel, não é boa educação - é privilégio de classe.

Muita gente leva consigo a prole para um restaurante porque, para além do desejo de estar em família, pura e simplesmente não tem ninguém que cuide dos filhos enquanto palita os dentes. Avós à mão e boas empregadas não calham a todos. A não ser que, em nome do supremo amor às boas maneiras, se faça como os paizinhos da pequena Madeleine: deixá-la em casa a dormir com os irmãos, que é para não incomodar o jantar...

 
At 10:00 da tarde, Blogger William said...

Que grande post petzl, ou melhor que belissima resposta a tua, acho que devias (deviamos) enviar isso para o jornal ABola ao cuidado desse demente.
Eu assino por baixo esse envio, e falo mesmo a sério quando digo que o devias (deviamos) enviar.

Contem com o meu claro apoio

 
At 10:19 da tarde, Blogger William said...

Nos artigos da Bola cada comentador tem um e-mail directo, para onde se podia enviar isso.
Outro mail que descobri foi o clientes@abola.pt assim como se podia enviar um fax para o numero que aparece na ficha técnica na última página. Mandando para a redacção além de enviar para ele era capaz de ter mais impacto.
Não acham?

 
At 10:27 da tarde, Blogger Tiago said...

também podem contar comigo, eu assino por baixo.

 
At 12:33 da manhã, Blogger Fábio Alexandre said...

Vamos enviar isso pah.
Havia de passar ao meu lado na rua esse fdp.

 
At 1:32 da manhã, Blogger Luis said...

Assino tambem

 
At 2:22 da manhã, Blogger [R]ui said...

Podem contar com o meu nome!

 
At 2:34 da manhã, Blogger s-type said...

digamos que era engraçado.... =)

 
At 10:29 da manhã, Blogger carlos serra said...

Estou de acordo com tudo o que foi escrito anteriormente, mas esse palerma a mim já não me incomoda, quendo vejo um artigo escrito por ele passo á frente, quando o vejo na TV mudo de canal ou ignoro, é que este sr. é contra tudo e contra todos estou em crer que se subisse o Santa Clara ele estava a criticar na mesma, ele fala mal do Porto quando toda a gente fala bem defende o porto quando estes são alvos de criticas, é um "garoto" sem credibilidade, mas com muitas cunhas. Como costumo dizer ele de manhã até protesta com o anormal que está no espelho. Vamos ignorar este cretino e continuar naquilo que nos interessa, o UDL.

 
At 11:26 da manhã, Blogger William said...

Não deixas de ter razão no que dizes carlos serra, mas o país que lê as asneiras do homem acredita, e o que fica é uma imagem que o clube realmente não interessa e que se pode dizer tudo o que se quer acerca do mesmo. Errado como será opinião de todos aqui.

Seja como for contem comigo, seja para assinar por baixo a resposta do petzl ao artigo, seja para ignorar este cretino e continuar com a UDL como disse o carlos serra.

Entretanto parece que já temos aí um reforço:

"O central Paul Koulibaly é o primeiro reforço para a temporada 2009/2010. O internacional do Burkina Faso, de 23 anos, está de regresso depois de ter sido impedido de representar os leirienses esta época (...)"
in Record

 
At 1:50 da tarde, Blogger mozdn said...

E este diziam ser o melhor dos Burkinas... jesus!!!

 
At 1:56 da tarde, Blogger Johnny said...

Vejam bem o animal, parece um mutante.

http://lh3.ggpht.com/_Xk7uDiUkyyA/SWVJdP5FMPI/AAAAAAAACps/bMNJMnGBrTc/s800/Miguel%20Sousa%20Tavares.jpg

 
At 2:43 da tarde, Blogger pitch said...

É mais um dos fantásticos resultados vindos da TVI... acho que está tudo dito.

Viva o Prof. Marcelo Rebelo de Sousa!

 
At 5:26 da tarde, Blogger Sempre said...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

 
At 8:36 da tarde, Blogger P said...

A esse senhor deveria ser proibida a entrada no estádio aquando da deslocação do FCP a Leiria...anormal

 
At 12:06 da manhã, Blogger Pedro Neves said...

Viva!
Sou de Aveiro e compreendo a vossa indignação. Mas o melhor e ignorar. Esse senhor não passa de um imbecil que de futebol nada sabe.
Sou adepto do Beira-Mar, mas fiquei contente com a subida do Leiria. Pode nao ser o clube com mais adeptos do país, mas é certamente um clube de I Liga.
Uma palavra para o Manuel Fernandes: parabéns pela excelente recuperaçao e pelo magnifico trabalho.
Um abraço.

 
At 10:13 da manhã, Blogger marketeer said...

Um obrigado a este adepto do Beira MAr, PEDRO NEVES, que aqui mostra o desportivismo que ainda existe.... Apesar de muitos criticarem o Leiria. Ainda ha pessoas que admiram futebol e respondem com a verdade..

 

Enviar um comentário

<< Home