uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



U.LEIRIA 0 BEIRA MAR 0

Empate penalizador para a nossa equipa que teve nos pés, e uma ou outra vez na cabeça, mais de uma mão cheia de oportunidades que podiam, e deviam ter-nos dado três preciosos pontos...
A União deixou hoje uma boa imagem, tendo a maioria dos nossos atletas deitado para trás das costas questões que devem ser do dominio interno do grupo.

O resultado não espelha a realidade do jogo é certo, desde a grande penalidade desperdiçada pelo inconsequente Elvis, à meia duzia de chances claras esbanjadas por Djaniny (onde andará a cabeça do rapaz?), Robinho e Luis Leal, a nossa União ficou a dever a si própria o desperdiçio de pontos, e claro a saida da zona vermelha.

Apetece graçejar que se não ganhamos a este Beira-mar, dificilmente ganharemos a quem quer que seja..

Todos nós fazemos votos para que na próxima Sexta-Feira os ventos madeirenses voltem a soprar de feição para a nossa equipa, e que pelo menos os jogadores, funcionários e administradores da Sad possam ter uma semana..., enfim..., um resto de campeonato mais sereno, deixando alguns destes de continuadamente dar autênticos "tiros nos pés" com declarações e desabafos "estafurdios" veiculados numa comunicação social carente de ética e porque não.. profissionalismo..



Destaques pela positiva:

Marcos Paulo: Voluntarioso, e um dos elementos mais inconformados da nossa equipa, conseguiu várias vezes agitar as águas com rápidas transições para o ataque.

Haas e Edson: Indubitavelmente a melhor dupla de centrais até ao momento, muito bem nas dobras aos colegas, e imperiais no jogo aéreo, Edson então, várias vezes teve de tapar os buracos do sérvio Obradovic.

John Ogu: Menos influente que em jogos anteriores (naturalmente agora é alvo de uma marcação mais apertada), mas ainda assim sairam dos seus pés algumas das melhoras jogadas e assistências para os colegas... Djaniny é que não foi seu amigo.


Pela negativa:

Obradovic: quem um dia achou que ele podia ser jogador de futebol!!!.. mas ele não tem culpa, culpado foi o Mr. Caixinha que viu nele qualidades para integrar o nosso plantel.

Djaniny: Perdulário o ponta de lança já despachado para a Luz, é um dos "culpados" pelo nulo desta tarde. Subiu-te a "fama" à cabeça jovem? desce à terra que ainda tens muito para aprender...

Elvis: Péssima exibição do médio brasileiro, para lá da grande penalidade desperdiçada no primeiro tempo, nunca conseguiu romper para a área ou ganhar qualquer tipo de vantagem sobre os opositores, e no capitulo do passe, não foi zero..., mas dez, sim teve 10% de eficácia... afinal o penalti não foi mais do que isso, um passe ao guarda-redes.

Acerta-lhe Leiria!!!

Etiquetas:

posted by mozdn @ 8:38 da tarde,

4 Comments:

At 10:18 da manhã, Blogger Antides said...

Estive na M. Grande e concordo, em parte, com o que acabei de ler. Mas há que realçar que a equipa aveirense tem uma das 5 melhores defesas do campeonato... O seu calcanhar de Aquiles parece ser o ataque.
Quanto às grandes penalidades, a sua marcação treina-se. E há que dizer que até o "galáctico" Ronaldo já falhou nesse bicudo duelo entre guarda-redes e atacante.

 
At 12:31 da tarde, Blogger Antides said...

Tenho imenso respeito por quem diz O QUE PENSA. Por isso, compreendo a análise ao jogo, fruto da paixão pela UDL.
Mas fui agora ver, nos cadernos de A BOLA 2011-12, o que lá vem sobre Elvis. E tem lá uma notinha escrita por mim que diz assim: golo na Choupana, de grande penalidade, a 15.1.2012!
Elvis tem uma cara de "menino" humilde. Toquei-lhe tambor quando saíu, ontem; outros bateram palmas. Merecido.
Força equipa da UDL.

Antides
Sócio 2552

 
At 9:28 da tarde, Blogger sócio 163 said...

Já ouvi alguns treinadores de futebol dizer que, quando um penalti resulta em golo, é porque foi bem marcado. Mesmo reconhecendo que não passo de um curioso na matéria, continuo a não concordar. Prefiro lembrar o treinador da seleção brasileira que, depois de perder o Mundial de 1991 para Portugal, afirmou que os portugueses (treinados por Carlos Queiroz) tinham sido mais competentes. Não me parece que pontapear a bola esperando ter a sorte de o guarda-redes se atirar para o lado errado seja uma maneira competente de marcar um penalti.

 
At 8:36 da manhã, Blogger Antides said...

De acordo com o que antecede.
Por isso escrevi que a marcação de penalties SE TREINA.
Mas muitas vezes, quase sempre, no aquecimento, o que vemos é rematar, sem concentração, para "treinar o guarda-redes". Aquele treino deveria ser o mais próximo possível da realidade, tanto para quem remata como para quem tenta defender.
E depois, a escolha do marcador deveria ter em conta os mais diversos factores ("sentes-te em forma hoje?", p.e.). isto sem culpar ninguém!
Sócio 2552

 

Enviar um comentário

<< Home