uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



U.LEIRIA 0 GIL VICENTE 0

Igualdade comprometedora frente aos galos de Barcelos, que nos deixam a quatro jornadas do términus do campeonato a 4 pontos (5 com o confronto directo) da Academica OAF, derrotada hoje por 2-1 em Aveiro.

Se este era um encontro fundamental na luta pela sobrevivência, um ou outro jogador assim não o entendeu, nomeadamente o miserável Djaniny, que desde o momento em que se viu contratado pelo S.L.B. sentiu que esforço e brio eram palavras de outro dicionário que não o seu... não tendo sido suficientes os vários insultos e impropérios que lhe foram dirigidos pelos adeptos.

Para mais, esta tarde a equipa de arbitragem resolveu complicar o que parecia fácil (jogo com poucos motivos de interesse), mas ainda assim arranjou forma de expulsar injustamente Edson (1ºamarelo descabido), com duplo amarelo no espaço de dois minutos, jogando a UDL cerca de 60 minutos em inferioridade numérica, quase sempre em contenção tentando quase invariavelmente sem sucesso, surpreender o adversário.
Merecem destaque pela vontade e entrega (pese embora as conhecidas dificuldades do grupo), Oblack, Ivo Pinto, Haas, Schaffer, Marco Soares, Kaka e Bruno Morais, tendo ainda Curto e Ogu entrado com bons apontamentos.
Daqui a 15 dias deslocação complicada à cidade berço para defrontar o Vitória S.C., Sabado pelas 19.15h
Ainda se respirará Leiria?

Etiquetas:

posted by mozdn @ 3:04 da manhã,

16 Comments:

At 7:12 da manhã, Blogger sócio 163 said...

Foi evidente o desinteresse de alguns jogadores. A equipa não jogou só com um elemento a menos. As saídas a passo nas substituições quando se precisava de ganhar o jogo não deixaram dúvidas.
Agora, mais do que o presente, preocupa o futuro da SAD e, por arrastamento, do Clube. O afastamento dos leirienses é cada vez maior mas, sem eles, haverá solução?

 
At 10:05 da manhã, Blogger PC said...

Não percebo esta falta de união e de garra, mas pronto pelo menos não perdemos e é preciso acreditar.
Vamos ganhar a Guimarães e temos a Académica a 4 pontinhos....

 
At 1:24 da tarde, Blogger Gaspar said...

O que mais custou ontem não foi o empate foi o desrespeito que aqueles jogadores mostraram para nós todos adeptos do Leiria.
Atrás de mim estava um miúdo que, na sua inocência, passou o jogo todo a gritar Leiria, sem se aperceber do que se estava a passar em campo. E a mim, que gosto mesmo do clube, doeu sinceramente ver uma criança a puxar e a ter fé na sua equipa... para ser enganada. Que vergonha!!!

Foi um jogo deprimente.
Quando precisamos de ganhar, vemos jogadores que não correm, que caminham arrastados para a substituição, o próprio guarda-redes que perde tempo como se estivessemos a ganhar!!
Que vergonha. Dizem que não recebem há 3 meses... Pelo que vi esta temporada, e em particular ontem, acho que receberam meses a mais.
E quando temos tantos emprestados que já estão a pensar nas equipas B, valia mais te-los despachado em Janeiro e jogar com alguns juniores de enorme categoria que temos.

Podíamos estar a 2 (3 pontos pelo confronto directo) da salvação.
Não temos hipótese e para o ano logo se vê se estamos na 2ª ou nos distritais.

 
At 3:14 da tarde, Blogger sócio 163 said...

Brilhante apreciação, Gaspar!
Não vale a pena fingir que não percebemos o que aconteceu neste jogo.
Mas agora, como é que se sai desta situação? Uma descida de divisão e o regresso à primeira liga custam milhões de euros que, manifestamente, não existem.
Não é altura de repensar tudo? Porque se insiste em gerir o clube (e a SAD) sem o apoio dos leirienses?

 
At 9:09 da tarde, Blogger Tiago said...

Será que fui o único a reparar, que já em tempo de descontos num lançamento a nosso favor junto ao nosso banco, o Hugo Gomes (penso que era ele) salta do banco e diz ao apanha bolas para ter calma a dar a bola? Foi um momento tão deprimente...

 
At 1:20 da manhã, Blogger Liliana said...

É o carácter que define uma pessoa...e os jogadores consiguiram demonstrar durante este último jogo que desconhecem o que isso é...desde expulsões provavelmente propositadas, recusas em integrar convocatórias (será que a expulsão já estava programada?!), dificuldade (ou falta de vontade) em levantar os pés da relva e sorrisos no final do jogo...enfim está tudo dito.


Mas os jogadores vão e vêm e o que eles não sabem (ainda!) é que nenhum jogador que desça de divisão consegue no futuro fazer uma carreira decente...mas irão aprender isso nos próximos meses. Mais importante do que aqueles "homenzitos de chuteiras nos pés" é, para mim, o futuro de uma instituição, a UNIÃO DESPORTIVA DE LEIRIA, seja na forma juridica de SAD seja enquanto associação porque para mim só existe uma União Desportiva de Leiria - aquela em que tenho orgulho o meu filho gritar, aquela que representa uma região importante deste país, aquela que aprendi a gostar, aquela que me faz acreditar que é possível gostar de algo irracional como é o futebol.

Só conheço uma União Desportiva de Leiria, aquela em que jogadores como Bilro, Mário Artur, Leonel, João Manuel, Ferreira, Vouzela, Derlei, Álvaro, Crespo, Kimmel, Gervino, Tiago, e tantos outros, construiram uma carreira...gente de carácter; onde já treinaram os melhores treinadores portugueses como Vitor Manuel, Vitor Oliveira, Manuel José, Manuel Cajuda, José Mourinho, entre outros.

O futuro, esse sim, é fundamental! E para o preparar (se ainda vamos a tempo...) passa pela idealização de uma estratégia que nunca existiu! Como é possível que uma região que todos reconhecem como das mais dinâmicas e empreendedoras não se unir em torno daquilo que poderia ser uma bandeira para as reivindicações do nosso tecido empresarial? Como é possível não aproveitar uma das comunidades estudantis mais numerosa e brilhante como a que Leiria tem através do IPL? Como é possível não aproveitar uma escola de formação que neste momento está no top ten nacional?

Para mim, falta esta estratégia. Falta, antes disso, criar a condição de base para a estratégia: e esta depende do sr. Bartolomeu. Todos os unionistas lhe estarão gratos pelo que a UDL foi e é no presente; mas também todos já percebemos que não irá surgir nenhum cheque das arábias...por isso, um apelo: demonstre um último acto de altruismo e de amor que todos nó sabemos que tem) pela UDL: doe as acções da SAD ao clube para, a partir deste, os unionistas e os leirienses possam dar sequência àquilo que já existe.

Força UDL!

 
At 6:14 da manhã, Blogger Antides said...

Gostei de ler o que antecede, pois mostra que há vida e ideias em Leiria.
Quanto ao balanço da época, ainda faltam 4 jornadas para o fim. Enquanto for matematicamente possível acreditar...
Sócio 2552

 
At 2:40 da tarde, Blogger sócio 163 said...

Em cheio, Liliana!
Mais importante do que os resultados dos próximos jogos é a admissão do erro pelos responsáveis da SAD e do Clube quando julgaram que era possível ter sucesso sem o apoio da generalidade dos leirienses e das suas instituições.
Mas, neste momento, uma simples substituição de pessoas já nada resolve. É preciso juntar todos os que colaboram ou já colaboraram com a UDL, aproveitando o que de bom todos têm para dar. As más opções devem ser corrigidas mas não devem ser afastados aqueles que, apesar de alguns erros estratégicos, tanto fizeram pelo Clube nos últimos vinte anos.

 
At 4:44 da manhã, Blogger Antides said...

O tempo não é de palavras bonitas, mas aqui vão duas reflexões.
Leiria tem 2 terras com nomes originais: Amor e Milagres.
Com amor à camisola, os milagres são possíveis.
E o balanço da época é no fim.

 
At 10:27 da manhã, Blogger mozdn said...

Não estão fáceis as nossas contas, se pontuarmos em Guimarães pode ser que ainda cheguemos a bom porto.
O

 
At 11:53 da manhã, Blogger Antides said...

Mozdn, chegar a bom Porto é impossível, tal a distância a que ele está... Mas apagar a Luz, na penúltima jornada, dava um jeitão, para abrirmos a caixinha do Champagne mesmo ao cair do pano.
Quem descrê, antes do apito final?

 
At 4:16 da tarde, Blogger janica said...

Já tinha saudades de ver tantos comentários neste blog. Com a ajuda de todos é mais fácil ultrapassar a crise.
Força União.

 
At 9:51 da tarde, Blogger PC said...

"Como é possível não aproveitar uma escola de formação que neste momento está no top ten nacional?"
Gostei de tudo o que li e lembro que ainda tivemos o Porfírio, Domingos Helton, Bakero, Jesus, enfim só unidos somos UNIÃO!

 
At 10:51 da tarde, Blogger Liliana said...

PC, quando mencionei gente com carácter não estava a pensar propriamente em talento...é verdade que, por exemplo, o Porfirio terá sido o jogador com mais talento que passou por cá (ainda hoje é o único jogador que representando a UDL foi convocado para um Europeu de selecções). Carácter refiro àqueles que, anos após anos, na I e na II Liga, correram, suaram e dignificaram o nome da nossa cidade! Há 10 anos tinhamos uma equipa que trocidava os adversários, só de entrarem no "velhinho" municipal borravam-se todos! E eu no saudoso peão a apreciá-los...

Mas, não tenham ilusões...quem não ganha (ou não quer, ou não consegue) a Gil Vicente, Paços de Ferreira, Setúbal, Olhasense, também não irá fazer melhor com Guimarães, Nacional e Benfica. E nem imaginam a dor com que digo isto! Tenho assistido, provavelmente, aos últimos jogos da nossa UDL e por isso tenho aproveitado e assistido a quase todos os jogos esta época. Mas o futuro é negro, acreditem (e sei bem do que falo...).

Resta-me continuar mais umas semanas na ilusão (bem sei que é uma ilusão) de que vamos assegurar a manutenção...vou continuar a apoiar a nossa equipa como se isso fosse possível, até ao último segundo (que será mesmo o último...).

Já agora, um repto a alguém que o possa concretizar: porque não iniciar desde já uma campanha junto de todos os estudantes do IPL para comparecer no próximo jogo em casa? Envolvam a associação de estudantes neste desafio, convidem os estudantes a serem sócios da UDL (com estatuto especial por serem estudantes, por exemplo, isentos de quotas até aos 30 anos); convidem os miúdos das escolas secundárias de Leiria e Marinha a irem assistir ao nosso jogo e que levem os pais, as mães, os primos, os vizinhos.

Nem que seja pela última vez...para ficar como recordação...

 
At 5:38 da manhã, Blogger Antides said...

1966... 1989... 2012. O que virá aí? O fim dos sonhos, com 2X23 anos de intervalo?
Quando o que nos representa e une acaba, quando desistimos do que os nossos antepassados criaram, estamos a desonrá-los.

 
At 4:23 da tarde, Blogger Antides said...

Como ninguém toma a palavra, gostaria de evocar (se o responsável pelo blog concordar) o exemplo da esposa de um dos sócios fundadores (Sr. Bértolo) que, após a morte deste, continuou a ir aos jogos da UDL, em memória dele!

 

Enviar um comentário

<< Home