uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



Algo vai mal...

A oitava derrota sofrida pela União de Leiria, foi apenas a confirmação de que algo vai mal na equipa, que nem a troca de treinador conseguiu alterar...
Não tive a oportunidade de acompanhar o jogo "in loco", mas rezam as crónicas que, exceptuando um ou outro jogador, a equipa esteve particularmente mal, displicente e desconcentrada, como prova o golo sofrido quando decorriam apenas 3 minutos de jogo.
Após os 90 minutos, veio o técnico Vítor Oliveira, mostrar o seu desagrado pelo comportamento da equipa, chegando a afirmar "... a vitória do Leixões peca por escassa!"
O sentimento é partilhado também pelo presidente que, em entrevista à Antena 1, afirmou "Já não acredito na permanência da equipa na Liga Bwin, a não ser que alguns jogadores mudem de mentalidade", disse, referindo ainda que "o factor mais grave neste momento é a falta de atitude de alguns jogadores". Prometeu ainda a tomada de medidas drásticas com o afastamento de alguns atletas e levantamento de dois processos disciplinares.
O primeiro processo disciplinar parece ser mesmo o de Laranjeiro, cujos comportamentos fora do relvado são, segundo a SAD "pouco consentâneos" com o estilo de vida “mais adequado de um jogador profissional de futebol".
Os jogadores que temos foram aqueles que a SAD entendeu serem os ideais para, dentro do orçamento da U. Leiria, fazer um campeonato tranquilo. E se calhar o erro começou logo por aí... Há, sem dúvida, vários jogadores neste plantel, que não têm qualidade para jogar numa I Liga, mas outros há que, tendo qualidade reconhecida, não têm ou não querem ter o rendimento que lhes é exigido, enquanto profissionais de futebol.
Não há certamente registo na história da U. Leiria de tão má campanha como a deste ano, nem mesmo naquelas em que se terá descido de divisão...
No entanto, convenhamos que "nada está perdido", frase que temos vindo a repetir semana após semana, mas que insistimos para o jogo do próximo Domingo frente ao Marítimo.
Infelizmente o presidente não acredita na permanência, mas eu acredito e os jogadores só têm de acreditar.
Espero que o mostrem já este fim-de-semana...
Força União!!!

Etiquetas:

posted by PETZL @ 7:59 da tarde,

5 Comments:

At 12:23 da manhã, Anonymous ULT66RAS said...

Nao sei o que se passa,os jogadores devem saber melhor do que ninguem...e tenham ou nao razoes...para nao andarem bem a melhor forma de terem os adeptos do lado deles e mostrando serviço...JOGUEM COM AMOR;GARRA E DEDICAÇAO!!!ate mostrarem isso em campo nao terao o nosso apoio...e pagam todos...apesar de as criticas serem destinadas as maças podres!!!

 
At 10:56 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Tem mesmo k agir Bartolomeu os jogadores não jogam nem se esforçam e há mts k tão no Leiria a + k é despachar o + rapido possivel.kuanto Laranjeiro tem esses comportamentos e depois ve-se os 2 golos do Leixoes do lado dele e o 2 é um grande erro dele é outro jogadores despachar senao sabe k ser-se profissional tem deveres.

 
At 3:13 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Boas...
Para o jogo com o maritimo qual é o preço dos bilhetes para não sócio??

 
At 7:55 da tarde, Anonymous riba said...

jogadores com qualidade temos, agora com vontade e profissionalismo é que não. muda o treinador e a história é a mesma.
já na pré-epoca várias foram as vezes que se ouvi falar no descontentamento do Paulo Duarte com a maneira como se desenrolavam os treinos.
uma equipa que fez o trajecto europeu que sabemos e agora joga o que se vê só demonstra que a culpa é dos jogadores.
Soluções? fácil. correr com todos os que estão a mais no plantel a sugar dinheiro. jogadores com vontade de mostrar valor por muito menos dinheiro não faltam nos juniores.
É altura para se tomar uma atitude e ter coragem para mostrar que só vem para cá quem realmente vier para jogar.

 
At 8:08 da manhã, Blogger mozdn said...

Harison "Vou muito motivado, até porque gosto do Leiria e não saí porque quis, como as pessoas se lembram. Já sei que o momento é difícil, mas acredito que com o meu futebol e o de outros jogadores vamos ser capazes de reverter essa situação", "A prioridade é salvar o Leiria, depois logo se vê o que acontece." Curiosamente, o Goiás, um clube que faz sempre bons campeonatos, também teve um ano mau e só evitou a descida na última jornada do Brasileirão. "Em termos colectivos, as coisas lá não correram muito bem, mas joguei sempre e marquei três golos"

Esperemos que venha mesmo com outra garra para segurar o meio campo...

 

Enviar um comentário

<< Home