uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



O clube

União Desportiva de Leiria

Fundação: 06 de Junho de 1966
Nº de sócios: 2500

Sede: Estádio Dr. Magalhães Pessoa

Arrabalde D'Aquém
Apartado 3074

2401-903 Leiria

Telefone: 244 823532
Fax: 244 827 987

E-Mail: geral@uniaodeleiria.pt

Equipamento Principal: Todo Branco, com aplicações em vermelho
Equipamento Alternativo: Bordeaux e Azul


Estádio
Municipal Dr. Magalhães Pessoa

Inauguração: 19-11-2003

Capacidade: 23888 pessoas

Local das Bilheteiras: Portas 2 e 6

Visita Virtual

História

Foi em plena Primavera de 1966 que um grupo de funcionários do então Banco Nacional Ultramarino tomou a iniciativa de formar uma colectividade que, no campo desportivo, pudesse representar Leiria com aquela dignidade, que não só o nome da cidade como até as suas instalações desportivas impunham. Nesse sentido foram encetados contactos com os clubes da cidade que, mais recentemente, disputavam (ou haviam disputado) o campeonato distrital, Sporting Leiriense, Coliponense, Ateneu Desportivo e Leiria e Marrazes. As conversações não tiveram o êxito esperado pois apenas o Sporting Clube Leiriense tomou a decisão de se extinguir e de integrar o novo Clube. O Coliponense (com uma actividade praticamente inexistente), o Ateneu (abdicando definitivamente do futebol) e o Leiria e Marrazes (apresentando algumas condições que foram recusadas pela Comissão Organizadora) acabaram por não aderir ao projecto. E assim, a 6 de Junho de 1966, data da aprovação dos Estatutos pelas entidades governamentais, nasceu oficialmente a União Desportiva de Leiria (UDL).
A primeira Direcção seria presidida pelo Dr. Fernando Pais de Almeida e Silva, contando como Presidente da Assembleia Geral o Sr. Inspector Bernardo Pimenta, então presidente da câmara, e Carlos dos Santos Pimenta e Ivo Martins de Araújo como Vice-Presidentes.
A época de 1966/67 foi logo a primeira em que a colectividade esteve em acção, sendo a estreia, em jogo particular, frente ao Marinhense num empate a duas bolas. O primeiro plantel era composto por Orlando Rousseau, Vitorino Graça, José Familiar, Cardoso, Marcelino, Pinho, Veloso, Virgilio, Vitalino, França, Alexandre, Fernando João, Barreto e Encarnação, sendo a equipa orientada pelo técnico António da Cruz Pinto Saraiva (campeão europeu do Benfica), conseguindo o 2º lugar no campeonato distrital atrás do Marinhense e concluindo a temporada debutante com um brilhante 1.º lugar na fase de grupos do campeonato nacional da 3.ª divisão. A subida à 2.ª divisão nacional falhou por muito pouco quando não foi possível ultrapassar a eliminatória que se seguiu.
Fiel ao principio de que todos os clubes devem manter em acção as categorias mais jovens, a UDL não podia alhear-se de tal facto, e assim a equipa de Juvenis nasceu igualmente com o clube, surgindo apenas 1 ano mais tarde o escalão de Juniores.
Na época seguinte 1967/68, conquistou-se o titulo distrital, com a consequente disputa, na mesma época, da 3ª Divisão Nacional, atingindo-se em 1969/70 a subida à 2ª Divisão Nacional, então já sob a batuta do técnico espanhol Miguel Bertral, e da Direcção presidida por Alfredo de Sousa Brandão.
A União de Leiria atingia assim o escalão secundário onde viria a pontificar nos anos seguintes, ganhando o estatuto de equipa temivel, pelo excelente futebol que praticava.
A primeira participação do clube no Campeonato Nacional da Primeira Divisão aconteceu em 1979/80, estreando-se com uma derrota na Póvoa do Varzim (2-4) a 26 de Agosto e uma vitória caseira frente ao Boavista (3-1) a 2 de Setembro. Infelizmente a descida nessa temporada foi inevitável, mas no ano seguinte sagrando-se Campeão Nacional da Segunda Divisão (feito repetido em 1998), o clube ascenderia novamente ao escalão maior, muito embora descesse novamente ao segundo escalão nesse ano.
A UDL permaneceria na 2ª Divisão, e posteriormente 2ªDivisão de Honra até à temporada de 1993/94, época em que regressou ao primeiro escalão do futebol nacional. No campeonato de 1996/1997, a equipa foi despromovida novamente à Honra, tendo, no ano a seguir, regressado e fixando-se prolongadamente durante uma década no primeiro nível do futebol nacional.
A melhor classificação alcançada pelo União de Leira até à data na 1.ª Divisão Nacional foi o 5.º lugar das épocas 2000/01 e 2002/03, equipas orientadas por Vitor Manuel e Manuel José respectivamente.
Na temporada de 2002/2003 a UDL conquistou o momento mais alto da sua história, ao atingir a final da Taça de Portugal, saindo a equipa de Manuel Cajuda derrotada pelo FC Porto de Mourinho por 1-0, concretizando-se dessa forma as ameaças de 95/96 e 97/98 anos nos quais o clube havia baqueado na meia final frente a Benfica e Porto.
No que ao curriculum europeu diz respeito, depois de uma tentativa ensaiada para a Intertoto na segunda parte da década de 90 frente às equipas do Heerenveen, Naestved (Dinamarca), Tom Pentre (Pais Gales) e Bekescsaba (Hungria), em 2003/2004 e fruto da presença na final da Taça de Portugal a equipa estreou-se na Taça Uefa, despachando o Coleraine da Irlanda do Norte na pré-eliminatória, saindo eliminada de forma polémica na 1ª ronda da Uefa pelo Norueguês Molde.
Na campanha do verão de 2004 e de novo na Intertoto, com Vitor Pontes ao leme, depois de ultrapassados Shinnick Yaroslav (Russia) e Genk (Belgica) o Leiria seria derrotado apenas na final da competição e após prolongamento pelo Lille de França, para no ano seguinte repetir a presença, saindo vergada pelo fortissimo Hamburgo.
Seria no entanto na temporada de 2007/2008 que o emblema atingiria quiçá maior notoriedade além-fronteiras, já que sob o comando de Paulo Duarte, afastou Hajduk Kula (Intertoto) e M. Netanya (Pré-eliminatória Uefa), saindo honrosamente derrotado pelo Bayer Leverkusen na 1ª ronda da Taça Uefa.
São vários os anos de história da União Desportiva de Leiria, repletos de alegrias, emoções e seriedade, ficando a certeza, que independentemente das gerações que passem, o nome da instituição será sempre respeitado e engrandecido por todos aqueles que o servem, apoiam e muito honram....

União de Leiria Sempre!!!
(Especial agradecimento ao sócio José Bernardino pela colaboração nesta pesquisa)

Palmarés

Interno
16 Presenças na I Liga
6 Presenças na II Liga

18 Presenças na II B
40 Partipações na Taça de Portugal
2 Participações na Taça da Liga

Campeão Distrital de Leiria - 1968/1969
Campeão da 2ª Divisão B - 1980/1981
Campeão da Divisão de Honra - 1997/1998
Finalista da Taça de Portugal - 2002/2003
Finalista da Supertaça Portuguesa - 2003/2004

5ºLugar por duas vezes na 1ºLiga (BwinLiga)


Externo
2 Presenças na Taça UEFA
5 Presenças na Taça Intertoto

Finalista da Taça Intertoto - 2003/2004
Vencedor da Taça Intertoto - 2007/2008

Corpos Dirigentes


DIRECÇÃO

Presidente - Mário Cruz
Vice-Presidente Futebol Profissional - Paulo José Sarraipa
Vice-Presidente Futebol Juvenil - Dr. Fernando Encarnação
Vice-Presidente Actividades Amadoras - Carlos Serra
Vice-Presidente Património - Jaime Manso
Vice-Presidente Administrativo e Financeiro - Dr. Virgílio David
Vice-Presidente Rel. Públicas e Imagem - António Justo
Vice-Presidente Tesouraria - Dr. Patrício Ferreira
Vogais - Dr. Diogo Neto, Dr. Pedro Jácome e Paulo dos Santos Carreira

ASSEMBLEIA-GERAL
Presidente - Dr. Feliciano Barreiras Duarte
Vice-Presidente - Dr. José António Silva
1º Secretário - Dr. Armando Soares
2º Secretário - Dr. Pedro José Sarraipa

CONSELHO FISCAL
Presidente - Dr. José Mirante
Vice-Presidente - Dr. Luís Miguel Carreira
Relator - Fernando Antunes
Plantel

Etiquetas:

posted by PETZL @ 6:54 da tarde,

13 Comments:

At 1:50 da manhã, Anonymous Anónimo said...

penso que estamos perante um erro. Na primeira participação do udl na 1ª Divisão o primeiro jogo foi em varzim onde estive presente. posso ate estar enganado mas julgo que foi assim.o Resultado foi um empate a 1.Se por acaso estiver enganado peço desculpa.

 
At 1:21 da tarde, Anonymous Anónimo said...

muito bem. agora é fazer o perfil de cada jogador e elemento da equipa tecnica com foto tb.

 
At 4:28 da tarde, Blogger José Roque said...

Parabéns. Excelente resumo da história do clube. Aos poucos e poucos "estamos" a engrandecer a UDL.

 
At 7:27 da tarde, Blogger carlos serra said...

SE TUDO TRABALHASSE TÃO BEM COMO ESTE BLOGUE E ESTE CLUBE SERIA CADA VEZ MAIOR. PARABÉNS.

 
At 10:43 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Seria melhor se o deixassem ser.
Alerto todos os leirienses para o que estão a tentar fazer ao nosso Clube.

QUEREM ACABAR COM O CLUBE!!!!

Esquecem-se que sem Clube não há SAD

Por isso apelo a todos os sócios da União de Leiria e aos leirienses em geral que ajudem em todos os sentidos a Comissão Administrativa que actualmente gere o Clube.

 
At 6:33 da tarde, Anonymous SÓCIO 163 said...

Excelente trabalho embora com algumas falhas perfeitamente naturais numa tarefa que está apenas no seu começo. Falta falar das outras modalidades e corrigir alguns lapsos.
Por exemplo, na criação do clube apenas acabou por participar o Sporting Leiriense com os seus sócios a entrarem como fundadores. A data oficial da fundação (6.6.66) foi escolhida por ter sido a do Despacho do Director-Geral dos Desportos. No entanto, realizaram-se assembleias em datas anteriores. Segundo julgo, a cor do equipamento foi inspirada no maior clube mundial da altura: o Real Madrid.
Logo em 1966/67, a equipa foi apurada para a 3.ª Divisão Nacional que se disputava no final dos campeonatos distritais com os primeiros classificados (Marinhense e União de Leiria). O nosso clube ganhou a 1.ª fase de 6 equipas mas acabou eliminado nos quartos-de-final com o Tramagal (0-3, em casa, e 0-1, fora) não subindo por isso à 2.ª Divisão Nacional. Este sistema de competição ainda aconteceu mais uma época. A história de não subir por um golo é verdadeira mas só aconteceu no final de 1968/69, quando a 3.ª Divisão Nacional já se disputava ao longo da época e se perdeu (2-0)com o Marinhense que acabou por ascender à 2.ª Divisão Nacional.
Não sei se no Clube existem registos sobre a sua história mas, se for preciso, ofereço-me para ajudar na busca destas e de outras informações.
Parabéns pela iniciativa. Tenho pena que a página oficial do clube esteja desactivada (ou inexistente?). Era lá que tudo isto deveria aparecer.

 
At 10:38 da tarde, Anonymous PETZL said...

Excelente contributo sócio 163!

Queira por favor ajudar naquilo que estiver ao seu alcance!

uniaodeleiria@mailcity.com

Saudações Unionistas,

 
At 6:08 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Lamento informar mas o UDL nunca jogou na 2ª Divisão "B", pois quando esta apareceu já a UDL estava na II Liga que era a 2ªDivisão sem "B". Portanto parece-me lógico que no palmares não apareça X de participações na 2ª Divisão "B" mas sim N de participações na II Liga ou 2ª Divisão apenas.Fiquei ainda sem saber quantas participações teve na 3ª Divisão pois para se chegar á Segunda foi preciso passar tb pela terceira.

 
At 6:14 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Parabens pelo esforço.
Merece os parabens porque não tem culpa mas devia tentar junto dos mais velhos saber algumas coisas mais. Por exemplo que o ATENEU DESPORTIVO DE LEIRIA tambem faz parte da UDL mas só no Futebol, ou seja quando da união o Ateneu deixou a pratica do Futebol em prol do UDL e isso deve estar escrito em acta tanto do Ateneu como do União de Leiria. Uma sugestão: Porque não pedir á direcção a possibilidade de consultar os livros das actas das assembleias gerais? Concerteza que vai lá encontrar muita informação util

 
At 11:35 da manhã, Anonymous pitch said...

O que eu já aprendi... parabéns a todos!

 
At 2:37 da tarde, Anonymous toze said...

sócio 163 será que me pode dizer a constituição dos planteis da união de leiria nas épocas 86/87, 87/88, 88/89, 89/90 e 90/91 bem como os seus treinadores? agradecia imense, muito obrigado

 
At 10:56 da manhã, Blogger Tiago said...

Antes de mais gostaria de dar os parabens pelo blog criado, para dar a nossa opinião e fazer de conversa a UDL.
Visto que estamos na parte do clube, a minha opinião é que o união tem muitos pontos fortes, como pontos fracos que deveriam ser corrigidos. Devia existir planos por parte do clube para criar ligações entre população local e Clube. A grandiosidade do clube da terra muitas das vezes esqueçe-se no esquecimento devido a esse mesmo factor. Talvez quem sabe a UDL quando estiver na 1 Liga pense nisso... Para ganhar notoriedade em todo o país ou reforçar aquela que ja possui....

Agradeço este desabafo ....

 
At 7:56 da tarde, Blogger Miguel said...

Nasci no norte(sou também da safra de 66),vivo no sul mas sou união de leiria desde sempre e para sempre;seria um grande orgulho para mim ter na minha estante um livro que retratasse a vida deste grandioso clube desde que nasceu até aos nossos dias e o mais completo possível,com todos os jogadores,dirigentes,conquistas,enfim,com tudo o que de mais significativo aconteceu ao nosso clube nestes(até agora)43 anos de vida;é apenas uma sugestão mas ficaria felicíssimo se se tornasse realidade.Saudações

 

Enviar um comentário

<< Home