uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



INICIADOS A U.LEIRIA 9 N.S.RIO MAIOR 0

União de Leiria: Humberto, Hortêncio (Venâncio, ao intervalo), Oliveira, Ascenso, (Carlos Santos, 44 m) e Rafael, Pacheco (cap.); Joaquim (Rafael Monteiro, ao intervalo) e Filipe, Danny, Tiago Alves (Tiago Jorge, ao intervalo) e Ezequiel (Seiça, 59 m).Não utilizados: Gonçalo e Mota.
Treinador: Freddy Biel
N.S. Rio Maior : João Cardoso; Rodrigo (Joni, 44 m), Nuno (cap.), Filipe e Miguel; Alexandre e Gabriel (Simplício, ao intervalo); André Luís, Justino (Ruben, 55 m) e Diogo; Hugo. Não utilizados: Daniel e Sousa.
Treinador: Nuno Marques

Ao intervalo: 5-0.Golos: Tiago Alves (3), Pacheco (2), Rafael (2), Joaquim e Danny.
A União de Leiria entrou de rompante e alcançou o primeiro golo logo aos três minutos de jogo. O adversário que ocupa o penúltimo lugar da classificação e somou uma vitória em 10 jogos, mostrou estar a “quilómetros de distância” do valor dos pupilos de Fredy Biel. Após o golo inaugural marcado por Joaquim, o mesmo jogador aos nove minutos teve oportunidade para dilatar o resultado, acontecendo o mesmo com Danny e Tiago Alves aos nove e 10 minutos, respectivamente.
A equipa da casa era dona e senhora do jogo e aos 19 minutos Tiago Alves obteve o segundo golo, o primeiro dos três que viria a marcar nos 35 minutos iniciais do encontro. O guarda-redes visitante ainda brilhou a um remate potente de Danny, que ainda enviou uma bola ao poste. Rafael, um defesa-esquerdo que possui um excelente pé esquerdo e sobe no terreno com determinação, viria a obter dois golos, uma façanha sempre importante para um defesa.
O Rio Maior só aos 30 minutos na marcação de um livre e depois na recarga após o ressalto de bola, fez “trabalhar” Humberto que defendeu sem grande dificuldade o remate bombeado de Diogo. Ao intervalo a vantagem cifra-se em cinco golos a favor dos donos da casa.

No segundo tempo, não obstante algumas alterações introduzidas na equipa leiriense, não se alterou o cariz do jogo que somente tinha um sentido único: a baliza de João Cardoso. Filipe na etapa complementar tudo fez para conseguir obter um golo, que João Cardoso por duas vezes e o poste noutra acabaram por negar. Bem merecia festejar um tento assim como Ezequiel que se mostrou muito rápido e lutador.Seiça, embora sendo franzino, entrou bem no jogo, assim como os restantes jogadores que têm jogado menos.

O técnico Fredy Biel gostou da partida realizada pelos seus pupilos “foi um bom jogo em que houve boas trocas de bola e podíamos ter obtido um resultado mais dilatado. Estou satisfeito, a equipa trabalhou bem e os jogadores que estão menos rodados mostraram que têm capacidade para entrar na equipa”, remata satisfeito o técnico unionista.
Excelente arbitragem num jogo sem problemas.

Tuna Caranguejeiro
"In Diario de Leiria"

Etiquetas:

posted by mozdn @ 12:58 da tarde,

4 Comments:

At 1:47 da tarde, Anonymous o jornalista said...

A foto que ilustra o "post" foi tirada no Caldas-UDL que a equipa leiriense venceu por 0-1, com o golo a ser marcado pelo Tiago Jorge

 
At 2:46 da tarde, Anonymous s-type said...

que coça!

 
At 5:24 da tarde, Anonymous Riba said...

Muito bem.
Continuem!

 
At 7:10 da tarde, Anonymous Anónimo said...

as pessoas competentes que olhem para a formação do nosso clube,o que de bom se tem feito,e deixem de
ser ceguêtas.

 

Enviar um comentário

<< Home