uniaodeleiria.blogspot.com: Agenda | Merchandise | Caderneta | Contacto

 



JUNIORES - SPORTING 1 U.LEIRIA 0

Retirado do site http://www.academia-de-talentos.com/

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL: 1- Rúben Luís; 2- Cédric Soares (Sub-Capitão); 3- Nuno Reis (Capitão); 4 – Miguel Serôdio; 5- Greg Garza; 6- Luís Almeida "Kikas"; 7 – Renato Santos (17- Alexis Quintulén, 53 min.); 8 – Renato Neto; 9 – Amido Baldé; 10 – José Lopes "Zezinho" (15 – William Carvalho, 61 min.) e 11- Alexander Zahavi ( 14 – João Freitas, 87 min.).
Suplentes não utilizados: 12 – João Figueiredo; 13 – Ignacio Améli; 16- Matheus Coelho e 18 – Henrique Gomes.
Treinador: Telmo Costa.
Director: Mário Lino.

UNIÃO DESPORTIVA DE LEIRIA: 12 – Pedro Carvalho; 4- Pedro Santos; 5- Paulo Martins; 6- Luís Pedro (18 – Pedro Graça, 87 min.); 7 – Juary Soares; 8 – Fábio Ferreira (14 – Diogo Mehnana, 70 min.); 9 – Silvério Camará (Sub-Capitão); 10 – Rúben Brígido (Capitão); 11 – João Valente "Jardel"; 13 – Ricardo Cardoso e 16- Diogo Ribeiro.
Suplentes não utilizados: 1 – Michael Domingues; 2 – Francisco Branco; 3 – Tiago Crachat; 15 – João Faustino e 17 – Dário Marquês.
Treinador: Michael Kimmel.
Director: Paulo Tomaz.

Equipa de Arbitragem: Paulo Rodrigues (árbitro principal), Domingos Viegas e Gil Duarte (árbitros assistentes) – AF Setúbal.

Indisciplina: Nuno Reis (61 min.), Greg Garza (80 min.); Amido Baldé (84 min.) e Renato Neto (90+2 min.); Fábio Ferreira (27 min.); Paulo Martins (63 min.) e Silvério Camará (78 min.).
Marcador: Amido Baldé (48 min.).
Melhores em Campo: Ruben Luís e AMIDO BALDÉ (Sporting); Rúben Brígido (U.Leiria).

O pouco público que se deslocou à Academia Sporting / Puma, em Alcochete, juntando-se a Ricardo Sá Pinto, que tal como na última quarta-feira, em jogo com o Belenenses a contar para a Liga Intercalar, esteve presente, tal como o recém-retirado do futebol profissional e antigo lateral-esquerdo da Selecção Nacional, Nuno Valente, pôde assistir a um jogo equilibrado, com uma vitória tangencial da equipa «leonina», frente a um União de Leiria que vendeu cara a derrota, actuando de forma bastante organizada, usufruindo também de oportunidades de golo, realizando uma exibição bastante agradável.

A partida iniciava-se com o Sporting a actuar no seu normal alinhamento, 4x3x3, Com Cédric Soares e Greg Garza a ocuparem as laterais direita e esquerda, respectivamente, de uma defesa também composta por Nuno Reis e Miguel Serôdio. Luís Almeida era o médio mais recuado, actuando Renato Neto e José Lopes mais adiantados. O trio de ataque era composto por Renato Santos na direita, Alexander Zahavi pela «canhota» e Amido Baldé a actuar no eixo do ataque.
Já a União de Leiria apresentava um esquema táctico 4x2x3x1, com um «duplo-pivot» a meio-campo, Luís Pedro e Fábio Ferreira, com a missão de auxiliar um quarteto mais recuado, composto pelos centrais Juary Soares e Ricardo Cardoso, pelo lateral-direito Pedro Santos e por Paulo Martins, no flanco oposto. A desempenhar missões mais ofensivas encontravam-se um trio composto por Rúben Brígido, pelo lado direito, João Valente, pelo centro, e Diogo Ribeiro, pela esquerda, eram a «muleta» do único ponta-de-lança, Silvério Camará (ex-Benfica).

A partida iniciava-se com um ligeiro ascendente da equipa da casa: aos 2 minutos, Miguel Serôdio desperdiça a primeira oportunidade do jogo, cabeceando por cima da baliza quando se encontrava em boa posição.
A U. Leiria defendia de forma rigorosa, com marcações vincadas, como a de Juary a Amido Baldé, por exemplo, tal como se poderia ver Pedro Santos a acompanhar as pisadas de Alexander Zahavi, entre outras vigilâncias defensivas da equipa leiriense que limitavam os ataques leoninos, largos, mas sem obterem grandes resultados práticos, pois esse mesmo jogo largo, que se baseava em passes visando a velocidade dos atacantes da equipa, «esbarrava» nos insistentes adiantamentos dos atacantes «verde-e-brancos».
E assim ia o jogo decorrendo até que se chegava ao minuto 21, com a U.Leiria a apresentar o seu primeiro lance de perigo: João Valente colocava a bola na direita para Rúben Brígido, que rematou para o guarda-redes «leonino», Ruben Luís, defender com segurança. Com este lance a equipa de Leiria soltava-se, apresentando um jogo consistente, em toque curto, com os quatro jogadores mais adiantados a apresentarem boa dinâmica ofensiva.
Continuava a ser o Sporting a apresentar a maior percentagem na posse de bola, mas o certo é que o perigo não rondava a baliza de Pedro Carvalho. Os leirienses, esses, voltavam a criar perigo aos 33 minutos, com Silvério Camará a testar a atenção de Rúben Luís, que correspondeu mais uma vez da melhor forma. Antes do intervalo, ainda houve tempo para uma última oportunidade de perigo, desta feita para a equipa do Sporting: Amido Baldé, finalmente, consegue encontrar espaço por entre os centrais visitantes, ultrapassando inclusivamente o guarda-redes, mas acabou por rematar já em desequilíbrio, ao lado da baliza dos leirienses.

2ª Parte: Golo a «abrir», sofrimento a fechar

Quase se pode afirmar que a 2ª parte se inicia com o golo da equipa do Sporting: aos 48 minutos, após canto de Alexander Zahavi, Nuno Reis cabeceou contra um defensor adversário, indo a bola cair na zona de acção de Amido Baldé, que cabeceando em suspensão colocou a bola nas redes dos visitantes.
Quatro minutos depois, o Sporting voltou a criar perigo: depois da defesa leiriense demorar a afastar a bola da sua grande área, Luís Almeida conseguiu tirar a bola aos defensores, passando-a a Alexander Zahavi, que rematou para a defesa de Pedro Carvalho, a dois tempos.
Aos 55 minutos, a União responde com perigo: Diogo Ribeiro rematou junto ao poste. O resultado era desfavorável para a sua equipa, que procurava chegar à igualdade.
Mas o jogo nesta fase estava interessante e o Sporting também criava oportunidades: aos 61 minutos, Amido Baldé voltou a utilizar o seu excelente porte físico para se escapar, uma vez mais, à defensiva da equipa visitante, guarda-redes incluído, mas após perder espaço para rematar o central Ricardo Cardoso aliviou o perigo que poderia chegar à sua baliza.
Quatro minutos depois o Sporting colocou mesmo a bola nas redes leirienses pela 2ª vez, mas o remate certeiro de William Carvalho foi invalidado por fora-de-jogo. Os «leões» empolgavam-se, e aos 69 minutos Alexis Quintulén só não marcou graças a uma excelente estirada do guarda-redes da U.Leiria, Pedro Carvalho.
Aos 75 minutos, Amido Baldé volta a ser mais forte no choque com a defensiva leiriense, impondo-se com autoridade, mas não se consegue isolar totalmente, com Juary Soares a atrapalhá-lo, acabando o guarda-redes Pedro Carvalho por afastar o esférico a pontapé.
Aos 83 minutos, Alexander Zahavi tem um lance individual, ultrapassando o lateral adversário Pedro Santos mercê de excelentes primores técnicos, rematando de fora da área, sem qualquer tipo de hipótese de defesa, mas a bola acabou por embater na barra.

Além de não ser o Sporting a chegar ao 2º golo, o Sporting começava a recuar no campo: a vitória era magra e a equipa visitante jogava bom futebol, pelo que acreditava nas suas possibilidades de atingir o empate, carregando jogo ofensivo para atingir esse efeito. Para isso, o treinador Michael Kimmel também arriscava a partir do banco, com a saída do médio-centro Fábio Ferreira para a entrada de Pedro Graça, um jogador mais ofensivo. Telmo Costa, pelo Sporting, não quis esperar e respondeu com medidas preventivas, retirando de campo o já desgastado Alexander Zahavi, colocando em campo João Freitas para reforçar o sector defensivo, que bem agradeceu mais um elemento para suster a pressão da equipa de Leiria. No minuto seguinte às alterações, ou seja, aos 88 minutos, Rúben Brígido, o jogador mais esclarecido da equipa da União, rematou de fora da área, contra a defensiva, com a bola a ganhar efeito e a quase trair o guarda-redes Rúben Luís. No minuto seguinte, Diogo Mehnana rematou à queima-roupa contra um jogador do Sporting, ficando os atletas leirienses a pedir grande penalidade.
O jogo aproximava-se do final, com o Sporting a rematar pela última vez nesta partida por parte de William Carvalho, em arco, bem perto da trave da baliza defendida por Pedro Carvalho. Até terminar a partida, o guarda-redes leiriense abandonou a sua baliza, procurando ser mais um a poder alvejar a baliza sportinguista, mas o jogo haveria de terminar 1-0, vitória da equipa da casa.

Com este resultado, a equipa do Sporting mantém a 2ª posição, a 3 pontos do líder Benfica. Na próxima ronda deslocar-se-á a Odivelas, procurando atingir a liderança do Campeonato. Já a equipa da U.Leiria também mantém a sua posição, o 6º lugar, recebendo o Nacional no próximo fim-de-semana.

DESTAQUES (União Desportiva de Leiria)

A equipa da U.Leiria deslocou-se a Alcochete para fazer uma exibição de qualidade, apresentando Rúben Brígido como o jogador em maior destaque. Apresentando disciplina táctica a meio-campo, mostrou-se também incisivo, rematando várias vezes à baliza «leonina», em busca de melhor sorte para a sua equipa. Também a realizar boas exibições, mas num patamar qualitativo inferior apresentam-se o guarda-redes Pedro Carvalho, seguro, o médio-ofensivo João Valente "Jardel", que complicou a vida ao meio-campo dos da casa, e ainda o ponta-de-lança Silvério Camará, que não se intimidou perante o facto de enfrentar solitário no eixo os centrais do Sporting, nunca virando a cara à luta, procurando a baliza de Rúben Luís sempre que teve oportunidade.

DECLARAÇÕES:

Mister Telmo Costa (treinador do Sporting):
"Na primeira parte entrámos bem, fizemos um jogo bastante aceitável nos primeiros 20 minutos. Perdemos alguma qualidade nos momentos seguintes, e acabámos por sofrer um pouco nos minutos finais, facto em relação ao qual a equipa do Leiria tem todo o mérito, mas acabámos por ganhar. Entrámos sem qualquer tipo de pressão nos vinte primeiros minutos, como já disse, tivemos boas oportunidades, mas admito que conforme o jogo decorria, as bolas não iam entrando, e a pressão em torno do resultado enervou-nos talvez um pouco. O importante é a vitória e temos muito Campeonato pela frente para atingirmos os nossos objectivos, competindo-nos vencer os nossos jogos."

Rúben Luís (guarda-redes do Sporting):

"Entrámos de forma agressiva, procurando desde cedo chegar à vantagem. O importante era ganhar, e esse resultado foi conseguido. Acho que não estive nada mal, o importante é a equipa. O nosso objectivo é ganhar jogo após jogo e passar à 2ª Fase, para podermos ser campeões. Esse é o objectivo, que atingiremos com muito trabalho."

Mister Michael Kimmel (treinador da U.Leiria):

"Não tenho críticas a fazer aos meus jogadores, que vieram jogar de forma excelente frente ao Sporting. Procurámos sempre obter um bom resultado, e nos últimos dez minutos pressionámos muito forte, existe também aquele lance de dúvida se existirá grande penalidade ou não, eu próprio não tenho a certeza… Tal como frente ao Benfica, onde também soubemos confundi-los na sua casa, também aqui jogámos com muita qualidade, a equipa era merecedora de outro resultado. A equipa encontra-se a fazer um excelente Campeonato, encontra-se na 6ª posição, é nos 6 primeiros que procuraremos estar, faltam ainda 2 jogos para terminar a 1ª volta, procuraremos não ficar por aqui."

Juary Soares (jogador da U.Leiria):

"A equipa está de parabéns, fizemos uma bela exibição frente ao Sporting, jogámos um belo futebol e não merecíamos ter perdido aqui. Em relação à minha exibição acho que estive muito bem, fantástico tal como toda a equipa, que nunca foi inferior à do Sporting. No início da época fui dispensado do Sporting, estou na União agora, temos uma boa equipa, no final da época vamos ver o que sucede."

Etiquetas:

posted by mozdn @ 10:20 da manhã,

4 Comments:

At 10:52 da manhã, Blogger O Jornalista said...

É sintomático que Ruben Luis, o gr do Sporting, tenha sido considerado o melhor em campo!

Grande jogo, miúdos!
Souberam honrar a UDL!

 
At 11:56 da manhã, Blogger William said...

Dá gosto ler estas crónicas mesmo tendo perdido.

Parabéns aos juniores do Leiria

 
At 10:42 da manhã, Blogger O Jornalista said...

Não resisti a transcrever aqui o comentário à nossa equipa júnior feito por um dos administradores do "Academia de Talentos"
É motivo de orgulho para todos os unionistas:

" Leiria não é nenhum bluff,
Submetido por superadmin a Quarta, 12/02/2009 - 02:09.

Leiria não é nenhum bluff, independentemente do lugar que ocupem na tabela classificativa são uma equipa que com esta atitude e jogadores podem ganhar a qualquer equipa na Zona Sul. Recomendamos aos Lisboetas que vão ver jogos desta equipa da UDL sempre que vierem a Lisboa pois justificam o preço do bilhete. Resultado mais justo teria sido um empate e com um pouco de sorte Leiriense ou azar Sportinguista podiam ter ganho na Academia. Sporting esteve abaixo das expectativas e sem a entrada de Alexis (não sendo isto uma critica ao jogador que o argentino substituiu) não sei se a equipa leonina teria chegado à vitória. Leiria joga com o sector defensivo e intermédio muito compactos e dificulta muita a vida ao adversário e a somar a isso tem jogadores raçudos e matreiros no contra-ataque. Ruben Brigido practicamente tinha/tem qualidade para jogar numa equipa com maiores ambições. A UDL é uma equipa equilibrada (mas mais forte a atacar) sem estrelas mas tem 2 a 4 jogadores que pelo seu talento e raça sobressaem um pouco mais. O central Juary Soares esteve em Alcochete durante a pré-época e talvez regresse em 2010/11. Esta geração de 91 (Ruben, Jardel, Michael (que não jogou) da UDL está mais forte que em 2007/08 (já na altura eram uma equipa claramente a ter em conta) mas a do Sporting também parece estar menos forte ou então está a atravessar um momento menos inspirado da época."

Apenas um reparo: o Jardel é de 1992, logo, júnior de 1º ano

 
At 12:33 da tarde, Blogger carlos serra said...

Claro que um motivo de orgulho para todos os leirienses, mas tenho a certeza que a equipa vai continuar a ter os pes assentes na terra e sabem que para ter sucesso é preciso muito trabalho. Mas gostaria de ver alguns destes jogadores a terem possibilidades de jogarem ou fazerem parte do~plantel da próxima época dos séñiores. PARABENS FUTEBOL JUVENIL. PARABENS UDL

 

Enviar um comentário

<< Home